24 February 2016

Ilegalidades praticadas pela Uber

Versão integral do requerimento do PCP ao Governo.
Article Image

O site do PCP está a divulgar o requerimento que o Grupo Parlamentar daquele partido enviou hoje ao Governo, na sequência da manifestação espontânea dos industriais de táxi no aeroporto de Lisboa, em protesto contra a Uber e pela intervenção do Executivo face à situação ilegal daquela plataforma/aplicação.
“Que medidas serão tomadas pelo Governo face ao denominado transporte UBER?” É esta a questão que o PCP coloca ao Executivo.

Durante a tarde de hoje, e depois de uma deslocação ao Palácio de São Bento, à residência oficial do primeiro-ministro, as associações que representam o Setor estiveram com os manifestantes, no aeroporto, e falaram à Comunicação Social. Carlos Ramos, presidente da Federação Portuguesa do Táxi, explicou que as associações aguardam tomada urgente de posição por parte do Governo, até ao fim da semana, no sentido de ser divulgada informação sobre a ilegalidade da Uber. “Queremos mostrar a força da nossa razão, que pugna pelos justos direitos do Setor, de forma não violenta e em diálogo com as instituições oficiais, mas não podemos esperar eternamente uma resposta, enquanto a Uber continua a sua actividade ilegal”, sublinha a Federação.
A ausência de respostas por parte do Governo poderá levar a tomadas de outras medidas de protesto que evidenciem o descontentamento do Setor, foi referido aos jornalistas.
A Federação congratula-se com a imediata iniciativa do Grupo Parlamentar do PCP, que prontamente emitiu um requerimento interpelando o Governo sobre esta matéria.

Mountain View

Leia mais na sua Revista Táxi!

Voltar à Homepage

Back to Top