30 October 2015

Antral aceita ilegalidade

Ilegalidade da prática dos táxis deslocalizados
Article Image

Depois do Instituto da Mobilidade e dos Transportes (IMT) ter afirmado que os táxis só podem operar a partir dos concelhos onde estão licenciados, em ofício de resposta que dá razão à Federação Portuguesa do Táxi e que sublinha a ilegalidade da prática dos táxis deslocalizados, o presidente da Antral, Florêncio Almeida, em declarações à agência Lusa, discordou do IMT, dizendo que aquele ofício “apenas representa uma opinião" e que “não tem qualquer validade”, assumindo que que tem táxis a funcionar nesta situação.

A Federação Portuguesa do Táxi questiona a coerência da interpretação da Antral e salienta que “o IMT que, a pedido da FPT, veio informar que qualquer táxi só pode iniciar serviço no local de licenciamento, sob pena de ilegalidade, é o mesmo IMT que informou a Antral e a FPT de que a Uber é ilegal”.
Leia a notícia SOL/LUSA na íntegra.

Mais informações na sua Revista Táxi!

Voltar à Homepage

Back to Top