30 October 2018

A redução do preço da gasolina e a não redução do preço do gasóleo

Nota à Imprensa
Article Image

A FPT lamenta que os transportes públicos de passageiros, ainda maioritariamente movidos a gasóleo, não sejam contemplados com redução idêntica anunciada para o preço da gasolina que representa para o total da frota circulante em Portugal apenas 1/5. Infelizmente, e já sem reclamar a discriminação positiva que o setor táxi pede há vários anos, a FPT não encontra neste anúncio do Governo qualquer coerência na propalada politica de descarbonização: Sem redução nos custos de produção do transporte público, Sem investimento real na reconversão da frota do transporte público, Onde está a aposta do Governo para a promoção do transporte público? – Resposta: manter o Imposto Adicional no gasóleo do transporte público. Mais, de acordo com dados oficiais, 4/5 da frota automóvel privada continua a mover-se a gasóleo, o que significa que este anúncio é pouco mais que propaganda politica, de impacto social reduzido e que tenta esconder uma tributação escandalosa para quase todos: 7 cêntimos por litro no transporte público e no transporte privado.

Voltar à Homepage

Back to Top