21 May 2015

A importância da palavra

A Federação Portuguesa do Táxi comenta as recentes notícias sobre as tarifas de táxi para o aeroporto e portos de Lisboa e sobre a Convenção para 2105/2016 ainda em preparação.
Article Image

A preparação da Convenção tarifária para o biénio 2015/2016 ainda está em curso e, no entanto e contra os acordos de trabalho conjunto estabelecidos para que se chegue a bom porto nesta matéria negocial, eis que surgem na imprensa ecos de tomadas de posição com outra situação que com esta está relacionada: o regime tarifário para o aeroporto e portos de cruzeiro de Lisboa.

Como é sabido, a Federação Portuguesa do Táxi está a trabalhar estes assuntos em conjunto com outra associação representativa do Sector. Há documentos emanados desse trabalho conjunto, em que grande parte do conteúdo tem sido produzido pela FPT e pelos seus serviços jurídicos.

Surpreende pela negativa o aparecimento de declarações à imprensa sem que o trabalho esteja devidamente concluído e sem que tenha sido ouvido o grupo de trabalho que, no âmbito da Direcção Municipal de Transportes e Mobilidade da CM Lisboa, foi criado para que o regime tarifário seja justo e com regulamento adequado à realidade da procura turística do país e do Sector.

Num momento em que “o silêncio é de ouro”, pois o ruído em público só atrapalha as negociações em curso, a FPT mantém a sua palavra e a sua postura de diálogo com as entidades oficiais e no seio do Sector. As palavras precoces, divulgadas fora do conjunto que é o Sector do Táxi, podem ser muitas vezes mal interpretadas pelo público. Daí o esclarecimento que se impõe.

Visto que o assunto é já do domínio público, apesar de tratar-se de elementos que ainda estão em discussão, a Federação opta assim pela divulgação das suas propostas sobre estas matérias, que podem ser consultadas também no seu site. Estão disponíveis para consulta, na íntegra, a proposta da FPT para Revisão da Convenção, enviada ao director-geral das Actividades Económicas, e a proposta conjunta para a nova tarifa para aeroportos e terminais marítimos, apresentada anteriormente pelo Sector.

Não perca a próxima Revista Táxi!

Voltar à Homepage

Back to Top