23 January 2019

Tramados pelo tempo

Revista "Sábado" divulga notícia de que a Uber e Cabify devem deixar de operar em Barcelona
Article Image

Governo catalão permitiu que seja obrigatório reservar estes transportes com uma hora de antecedência. "A Generalitat cedeu à chantagem do táxi", defendeu presidente da UNAUTO-VTC, organização que representa os condutores que trabalham para as aplicações de transporte.

A Uber e a Cabify deverão deixar de operar em Barcelona após o governo catalão ter permitido que, naquela cidade, seja obrigatório reservar estes transportes com uma hora de antecedência. "A Generalitat cedeu à chantagem do táxi. Vamos abandonar Barcelona", disse esta terça-feira Josep Maria Goñi, presidente da UNAUTO-VTC, a organização que representa os condutores que trabalham para as aplicações de transporte. A decisão foi anunciada após uma reunião de várias horas entre representantes das plataformas e dos taxistas com o responsável do governo regional da Catalunha pelos transportes, Damià Calvet, numa altura em que os taxistas continuam em protesto.

Segundo noticia o El País, Josep Maria Goñi anunciou que a Uber e a Cabify vão suspender as atividades em Barcelona por recusarem as condições impostas. Uma das exigências dos taxistas, decididas durante a reunião, é que os veículos TVDE (de transporte em veículos descaracterizados) sejam reservados com uma hora de antecedência, ao invés de chamados no momento.

A proposta inicial, apresentada pelo governo regional, estimava uma antecedência mínima de 15 minutos. No entanto, a presidente da câmara de Barcelona, Ada Colau, defendeu uma hora de antecedência para que seja possível distinguir os TVDE dos táxis.

"O decreto obriga-nos a encerrar as empresas", disse Goñi à saída da reunião.

Voltar à Homepage

FORMAÇÃO

FACEBOOK

Back to Top