16 February 2017

Futuro do Táxi no Serviço Público de Transportes

FPT na 8ª Comissão Municipal - Lisboa
Article Image

A 8ª Comissão Permanente – Mobilidade e Segurança da Assembleia Municipal de Lisboa recebeu, no dia 15 de fevereiro, a Federação portuguesa do Táxi. A presidente da Assembleia Municipal de Lisboa, Helena Roseta, reencaminhou a FPT para uma audição na 8ª Comissão, centrando-se a intervenção da Federação no “Futuro do Táxi no Serviço Público de Transportes”.
A FPT resumiu o documento com as suas propostas para a modernização e revitalização do Setor, salientando que muitas daquelas medidas já têm vindo a ser apresentadas nos últimos anos às diversas entidades públicas. O presidente da FPT, Carlos Ramos, destacou de entre o conjunto de propostas aquelas para as quais o Poder Local e Autárquico mais pode contribuir.
O deputado municipal socialista José Leitão, que presidiu à audição, considerou que a exposição destas propostas foi “um bom serviço para a causa do Setor do Táxi”.
A Federação referiu que espera que a Câmara Municipal de Lisboa “aceite este desafio para que o Setor e os passageiros, assim como a própria cidade, possam usufruir de mais qualidade no serviço dos táxis”, acrescentando que as autarquias têm “grande responsabilidade no cumprimento da legislação que determina uma consulta periódica e regular ao Setor, para efeitos de equilíbrio entre oferta e procura no mercado, bem como para o estabelecimento de contingentes no Setor dos Transportes”.
A Federação respondeu a algumas questões dos deputados municipais e afirmou a sua “disponibilidade para trabalhar para a concretização das propostas apresentadas”.

Voltar à Homepage

Back to Top